Postado em 15 de Agosto de 2018 às 18h13

Cleiton Fossá defende pautas importantes para Chapecó

Cleiton Fossá Chapecó – Durante as primeiras sessões deste mês de agosto, o vereador Cleiton Fossá fez a defesa de pautas importantes para Chapecó e a região Oeste. Entre elas, prestou apoio...

Chapecó – Durante as primeiras sessões deste mês de agosto, o vereador Cleiton Fossá fez a defesa de pautas importantes para Chapecó e a região Oeste. Entre elas, prestou apoio à convocação dos excedentes do Corpo de Bombeiros Militar de SC; pela consolidação da matriz econômica da Tecnologia e Inovação, através do Parque Tecnológico de Chapecó; o pedido para que a prefeitura isente os tributos municipais do loteamento Dom Leonardo, antigo Cadore I e II, até a regularização da situação do local, e a denúncia de que os comissionados da administração municipal custam anualmente R$ 15 milhões, mesmo valor do financiamento da obra do Elevado da Sadia.

Cleiton Fossá teve aprovada moção de apoio para que o Governo do Estado chame os excedentes do concurso para o Corpo de Bombeiros do ano de 2017. São cerca de 300 candidatos que aguardam a convocação. Eles já realizaram os cursos e treinamentos exigidos e necessários para exercer as atividades, estando atualmente preenchidos todos os requisitos para nomeação. O efetivo máximo de bombeiros militares em Santa Catarina poderia ser 3.816, mas atualmente tem apenas 2.345, quase 1,5 mil a menos. E a previsão é que este número se reduza ainda mais devido aos ingressos à reserva remunerada. Além disso, há mais de quatro anos que não é realizado concurso público.

“A efetivação do Parque Científico e Tecnológico de Chapecó é essencial para o desenvolvimento social e econômico da região Oeste de Santa Catarina”. Assim, define o vereador Cleiton Fossá a importância da retomada da obra, que deve ser finalizada no início de 2019. Ele afirma que somente no passado as empresas de tecnologia e inovação movimentaram R$ 15 bilhões em Santa Catarina, o que já representa 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB). O Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) possui 110 empresas integradas que, juntas, geram mais de três mil empregos diretos e movimentam cerca de R$ 300 milhões por ano, sendo primordial na geração de mais empregos.

O vereador voltou a questionar a prefeitura de Chapecó a respeito da cobrança de IPTU, Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos e Cosip (Iluminação Pública), das famílias que possuem terrenos no loteamento Dom Leonardo, antigo Cadore I e II, que estão em processo de regularização junto à Justiça. Cleiton Fossá defende a isenção de impostos no local até a entrega da obra de infraestrutura. Loteamento de interesse social formado em 2009, com autorização da prefeitura de Chapecó, trouxe muita dor de cabeça às pessoas que adquiriram terreno. O Ministério Público abriu uma Ação Civil Pública, aceita pela Vara da Fazenda Pública, onde a empresa loteadora e a prefeitura são réus.

A prefeitura de Chapecó assinou no dia 8 de agosto financiamento de R$ 15 milhões, junto à Caixa Econômica Federal, para a construção do “Elevado da Sadia”. Este valor, denuncia Cleiton Fossá, é o recuso público gasto anualmente somente com cargos comissionados pela administração. De acordo com o último dado disponível no Portal da Transparência, em 7 de agosto, a prefeitura tem 243 comissionados, inclusive, muitos sendo parentes de vereadores. “A população precisa saber destes dados. A prefeitura alega não ter recursos próprios para fazer as obras, mas possui dinheiro para pagar muitos comissionados. Não concordo com isso e seguirem denunciando”, comenta ele.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

CPI do Asfalto é instaurada22/10/13 Chapecó - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará possíveis irregularidades em ordens de serviço dadas pela administração municipal para pavimentação asfáltica foi instaurada oficialmente hoje (22) na Câmara de Vereadores de Chapecó, após o projeto de resolução com os nomes dos membros ter sido lido na sessão de ontem (21). A primeira reunião será realizada amanhã (23), às 13h30, na Câmara de......
Parcelas de R$ 300 são regulamentadas no auxílio emergencial17/09/20        A prorrogação do Auxílio Emergencial foi oficializada pelo governo federal e Ministério da Cidadania. Pela nova regra, as próximas quatro parcelas serão pagas ao valor de R$ 300. O......

Voltar para NOTÍCIAS