Postado em 03 de Outubro de 2017 às 21h14

Cleiton Fossá vota contra o PPA

Chapecó - O Plano Plurianual (PPA) de Chapecó para os próximos quatro anos (2018-2021) foi votado e aprovado pela Câmara de Vereadores nesta segunda e terça-feira. O PPA estabelece ações, princípios e diretrizes do Poder Executivo. O vereador Cleiton Fossá apresentou 62 emendas ao projeto, mas todas foram rejeitadas sem justificativa pela base governista. As emendas garantiam maior controle e fiscalização das previsões orçamentárias por parte dos vereadores, previam diretrizes (regras a seguir no gasto dos recursos) em áreas como Saúde, Educação e Cultura; e inseriam todas as demandas do Programa Ouvindo Nosso Bairro no PPA; e remanejava gastos com publicidade em investimentos de interesse da população. O vereador fez questão de ressaltar sua contrariedade à previsão de gasto de R$ 20 milhões em publicidade nos próximos quatro anos, três vezes mais do que no último PPA (R$ 6,5 milhões em propaganda). Algumas emendas de Fossá transferiam um total de R$ 10 milhões, metade do valor previsto, para aplicação em áreas como Saúde, Educação e Infraestrutura. Com a rejeição de suas emendas, que contribuiriam com o desenvolvimento de Chapecó, Fossá optou em votar contrário ao projeto, por entender que todas as pautas do Ouvindo Nosso Bairro e as promessas de campanha não serão contempladas nos próximos quatro anos. 'Falta transparência e equilíbrio fiscal no PPA. Deste modo, sou contra o projeto', resume ele.

Veja também

Projeto de Lei cria o Fundo Municipal da Mobilidade Urbana 06/05/19         Pensando em todos os cidadãos de Chapecó, encaminhei o projeto de lei que determina a criação do Fundo Municipal da Mobilidade Urbana e da Modicidade da Tarifa de transporte público coletivo municipal.         O presente Projeto de Lei tem como objetivo fomentar a utilização do transporte coletivo público e o......
Metamorfose de amor: Conheça a história de Daniela May25/05/18 Chapecó – Quase na esquina da rua Osvaldo Cruz com a Manoel Ferraz de Campos Sales, em uma sala esverdeada, tom de abacate, estreita e comprida. Neste local, que a gaúcha, Daniela Cristina May, resolveu registrar a prova da......

Voltar para NOTÍCIAS