Postado em 13 de Agosto às 17h48

Como manter as crianças concentradas nos estudos durante o isolamento?

       Crianças adoram brincar, almejam executar tarefas animadas e dinâmicas. Com o cenário da pandemia da Covid-19 a rotina foi alterada e trouxe um desafio para os pais: como manter as crianças concentradas nos estudos durante o isolamento? 

       Tablets, celulares, notebooks, videogames e demais aparelhos eletrônicos são muito atrativos e se configuram como potentes distrações para afastar os pequenos da concentração dos estudos. 

       Pensando neste desafio, preparamos algumas orientações para facilitar a organização dos pais na realização das lições de casa, do estudo diário e acompanhamento das crianças.


Confira: 

1 - Limite a exposição diária aos eletrônicos 

       A Sociedade Brasileira de Pediatria destaca que o limite de exposição a aparelhos eletrônicos/telas para crianças de dois a cinco anos é de no máximo uma hora por dia com a supervisão dos pais; de seis a 10 anos, até duas horas por dia, também com supervisão dos pais e a partir dos 11 anos de até três horas por dia.


2 - Prepare o ambiente

       Quem não gosta de um ambiente preparado especialmente para o estudo? Muitas vezes o próprio ambiente faz com que a criança não consiga manter a concentração nos estudos. Para isso, afaste todas as distrações.

       Você pode manter as televisões desligadas, deixar os aparelhos eletrônicos fora de alcance no momento do estudo, preparar um ambiente calmo, organizado e bem iluminado com acesso fácil, prático e rápido a livros ou demais ferramentas necessárias para o estudo. 


3 - Reforce o aprendizado

       Se a criança estiver participando de aulas online, você pode reforçar o aprendizado do conteúdo com vídeos temáticos sobre o assunto, podcasts, uma nova explicação didática, ou até mesmo estudar com a criança o novo tema ensinado. Assim, poderá acompanhar e avaliar como ocorre a absorção do conteúdo pela criança. 


4 - Explique a situação e motive

       Muitas vezes a criança pode relatar que não quer mais estudar e que não sente motivação para isso. Uma solução é abordar que caso a criança não estude ou que não se dedique o necessário, poderá repetir o ano e ficar distante dos atuais colegas. 

       Os pais podem questionar como isso seria encarado pelos filhos e buscar estratégias de motivação. Como melhores conhecedores do comportamento dos filhos podem buscar as melhores falas de motivação com elogios, agir com paciência e empatia para fazer com que as crianças queiram se dedicar e pratiquem ao menos um esforço básico. 


5 - Mantenha a rotina 

       Manter a rotina é um hábito saudável para as crianças. Dependendo da idade, as atividades podem ser escritas em quadros dinâmicos e chamativos de forma fácil para facilitar a compreensão e execução. O estabelecimento de horários para as tarefas, para refeições, para brincar e principalmente estudar facilita até mesmo a organização dos pais. 

Participe, apresente sua demanda ao vereador e fique por dentro da atuação do mandato por meio das nossas redes sociais: Facebook - Instagram e nosso WhatssApp.



Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

Veja também

Comissão analisará taxa de lixo08/03/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá apresentou requerimento solicitando que seja realizada uma revisão com relação à Taxa de Coleta de Resíduos (TCR), que ainda gera muitas discussões e polêmicas em Chapecó. Segundo Fossá, a repercussão do tema foi notória devido ao aumento da taxa de coleta de lixo, especialmente a repercussão negativa, principalmente aos que tiveram aumento na taxa. Por esse motivo, o vereador......
Ações em junho visam o crescimento de Chapecó03/07/18 Chapecó – Ações concretas que visam o desenvolvimento econômico e social de Chapecó. Assim foram as principais atividades desenvolvidas pelo mandato de Cleiton Fossá durante o mês de junho. Além......

Voltar para NOTÍCIAS