Postado em 12 de Novembro de 2018 às 16h13

Emendas destinam R$ 4 milhões para área da saúde

Cleiton Fossá | Vereador Chapecó – A Lei Orçamentária Anual (LOA) de Chapecó para 2019 prevê um orçamento de R$ 1.032 bilhão, sendo que o projeto está tramitando na Câmara de...

Chapecó – A Lei Orçamentária Anual (LOA) de Chapecó para 2019 prevê um orçamento de R$ 1.032 bilhão, sendo que o projeto está tramitando na Câmara de Vereadores. A área da Saúde tem prevista a maior receita, com R$ 274,7 milhões, sendo R$ 150 milhões para investimento na Atenção Básica e R$ 120,7 milhões para Assistência Hospitalar e Ambulatorial.

Apesar de todo esse volume financeiro, o vereador Cleiton Fossá diz que os recursos devem cobrir apenas as necessidades básicas, não atendendo a demanda reprimida existente na área da Saúde em Chapecó, principalmente a demora nas consultas de média complexidade e para os exames médicos, além dos problemas frequentemente registrados no Hospital da Criança de Chapecó.

Pensando nisso, Cleiton Fossá apresentou duas emendas na LOA destinadas à área da Saúde. Uma endereçada ao setor de Atenção Especializada, destinando R$ 2 milhões para o atendimento e melhorias no Hospital da Criança. A outra emenda, também de R$ 2 milhões, é para ampliar e dar maior rapidez às consultas de média complexidade e para os exames médicos.

Para Cleiton Fossá, as demoras nos exames e consultas precisam ser resolvidos de maneira urgente e a destinação de recursos específicos para isso é uma tentativa de reduzir o tempo e fila de espera. Já o Hospital da Criança, na opinião do vereador, também precisa de atenção especial. “Essas emendas visam atacar os principais problemas na saúde em Chapecó”, resume ele.

Atendimento

Cleiton Fossá diz ainda que o número insuficiente de agendamentos diários nas 26 Unidades de Saúde faz com que o Hospital Regional do Oeste (HRO), o Hospital da Criança (HC), a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o Pronto Atendimento da Efapi fiquem sobrecarregados, pois são os únicos locais em Chapecó que atendem aos casos de urgência e emergências.

Outras emendas

No total, Cleiton Fossá apresentou quatro emendas na LOA. Além das duas citadas, a terceira destina R$ 2 milhões para a Secretaria de Educação, para mais vagas em regime integral nos CEIMs e horários alternativos para filhos de trabalhadores da agroindústria e do comércio. Outra emenda destina R$ 1,5 milhão para a Vigilância Sanitária, a fim de ser revertida à causa animal.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Fossá critica gastos com publicidade06/09/13 Chapecó - Após a cassação do prefeito de Chapecó, José Caramori, por exceder o limite permitido durante ano eleitoral com gastos com publicidade, o vereador Cleiton Fossá lembra que em maio apresentou na Câmara de Vereadores requerimento pedindo informações sobre o edital para contratação de empresa especializada em prestação de serviço de publicidade e propaganda, mas o pedido foi rejeitado pelos vereadores da base......

Voltar para NOTÍCIAS