Postado em 26 de Outubro de 2015 às 16h54

Fossá protocola representações no MP

Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Ministério Público (8)Vereador (224)
Chapecó - O vereador chapecoense Cleiton Fossá protocolou na tarde desta segunda-feira (26) duas representações junto ao Ministério Público (MP) da Comarca de Chapecó. Os documentos foram entregues na 10ª Promotoria, Área do Controle de Constitucionalidade e Defesa da Moralidade Administrativa, e na 13ª Promotoria, Área da Cidadania e da Família. Conforme Fossá, as representações ao Ministério Público são necessárias para garantir os interesses da coletividade e resguardar seus direitos. 'As duas ações fazem parte da prerrogativa parlamentar de fiscalizar atos e ações do poder executivo. Constatei irregularidades em duas áreas e fiz a representação, vamos aguardar', comentou o vereador. Direcionamento Na 10ª Promotoria, Fossá pede a suspensão do processo licitatório 206/15, que trata sobre contratação de empresa para coleta, transporte e disposição final de resíduos sólidos (lixo). O vereador diz que há irregularidades no edital de concorrência, que traz disposições subjetivas e direcionadas à empresa que atualmente presta os serviços em Chapecó. Padronização Já na 13ª Promotoria, Fossá solicita medidas diante a inexistência do decreto executivo que regulamenta o cronograma de instalação de abrigos de passageiros padronizados, conforme disposto na lei 5.669/09. O vereador ressalta que a lei prevê que o poder executivo tinha cinco anos para promulgar o decreto, ou seja, o prazo venceu em novembro de 2014.

Veja também

Fossá tem sugestão aprovada no Plano Diretor22/01/14 Chapecó - Presente à primeira Audiência Pública que está discutindo o novo Plano Diretor de Chapecó, realizada terça-feira à noite no bairro Efapi, o vereador Cleiton Fossá teve importante sugestão aprovada na reunião. O parlamentar pediu que famílias com renda entre um e três salários mínimos também possam acessar loteamentos de caráter popular. Pelo projeto apresentado, somente famílias entre três e sete salários......

Voltar para NOTÍCIAS