Postado em 07 de Abril às 12h27

Governo lança aplicativo para auxílio emergencial

Cleiton Fossá | Vereador        O Governo Federal lançou nesta terça-feira (07) o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial para se inscrever no auxílio emergencial, benefício de R$ 600...

       O Governo Federal lançou nesta terça-feira (07) o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial para se inscrever no auxílio emergencial, benefício de R$ 600 para trabalhadores autônomos afetados pela pandemia do novo coronavírus.

       O App exclusivo do programa foi anunciado pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, em coletiva à imprensa que contou também com a presença do Ministro da Economia, Paulo Guedes, do Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni e do presidente da DataPrev, Gustavo Canuto.

       Estima-se que o governo atenderá com esta medida entre 15 e 20 milhões de pessoas que não participam de programas como o Bolsa Família. Até o momento, o app já recebeu mais de 3,5 milhões de inscrições. A estimativa é de que 15 milhões de brasileiros realizem o cadastramento apenas hoje. Até quinta-feira, a previsão é de que sejam feitos 40 milhões de cadastros.


Os trabalhadores podem pedir das seguintes maneiras:

- Clique aqui para acessar pelo site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio  

- Clique aqui para baixar o aplicativo para celulares Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio

- Clique aqui para baixar o aplicativo para iOS (celulares Apple): https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331


Quem tem direito a receber

-Ser microempreendedor individual (MEI)
-Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS)
-Ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único — quem não estiver cadastrado poderá fazer uma autodeclaração por meio de aplicativo.
-Ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020
-Ter mais de 18 anos
-Família com renda mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (522,50 reais) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (3.135 reais)
-Não ter tido rendimentos tributáveis, em 2018, acima de 28.559,70 reais

 

-No máximo duas pessoas por família podem receber o auxílio emergencial de R$ 600. As mães chefes de família têm direito a receber o benefício em dobro, ou seja, R$ 1.200.

-Quem não tiver conhecimento se está ou não registrado no CadÚnico deve fazer a consulta por meio do site:
meucadunico.cidadania.gov.br/meu_cadunico.

-A pessoa que se encaixa no perfil para receber o auxílio emergencial e não estiver no Cadastro Único poderá fazer uma autodeclaração por meio de aplicativo lançado.

-Os não cadastrados precisam fazer a autodeclaração no aplicativo ou no site do auxílio emergencial.

Dúvidas?

       A Caixa também disponibilizou o telefone 111 para tirar dúvidas dos trabalhadores sobre o auxílio emergencial. Não será possível se inscrever pelo telefone, apenas tirar dúvidas.


Quer ficar sabendo das principais informações de Chapecó? Entre no meu grupo de whatsapp ?
https://chat.whatsapp.com/I57wAgIhjE12D9Bhu9AW2U


 

 

Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

 

 


  • Cleiton Fossá | Vereador -

Veja também

Cleiton Fossá apresenta projeto de Lei que prevê a Semana Municipal do livro22/07 Já dizia o poeta, “pássaros têm asas, pessoas têm livros”. E se há os livros, é preciso utilizá-los. Com esse objetivo, Cleiton Fossá, apresentou na Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei que Institui a Semana Municipal do Livro. O Projeto busca incentivar a leitura, especialmente para as crianças e jovens, que caso tenham os......
Iniciativa que garante inclusão de pessoas com deficiência já é lei25/05/16 Chapecó - O projeto de lei 8/15, de autoria do vereador Cleiton Fossá, que dispõe sobre a instalação de equipamentos adaptados em praças, parques, escolas e CEIMs públicos para pessoas com necessidades especiais, já está em vigor em Chapecó. Conforme o......

Voltar para NOTÍCIAS