Postado em 17 de Setembro às 15h03

Parcelas de R$ 300 são regulamentadas no auxílio emergencial

       A prorrogação do Auxílio Emergencial foi oficializada pelo governo federal e Ministério da Cidadania. Pela nova regra, as próximas quatro parcelas serão pagas ao valor de R$ 300. O benefício foi renomeado de "Auxílio Emergencial Residual" com novas regras e com acesso restrito. O primeiro pagamento das quatro novas parcelas iniciou nesta quinta-feira (17), com prioridade para aquelas pessoas com número final do NIS 1. 


       O limite de recebimento do novo benefício será até 31 de dezembro, independente do número de parcelas que já tenham sido recebidas pelo beneficiário. É importante estar atento em como funcionará o recebimento. Quem recebeu após abril terá direito a menos parcelas de R$ 300 e o valor dependerá da data de concessão do auxílio emergencial residual.

       O Ministério da Cidadania informou ainda que as cinco parcelas de R$ 600 ainda estarão disponíveis para quem passou a receber a partir de julho, além de uma nova parcela do novo benefício, que deve ser paga em dezembro. A Caixa destaca que o pagamento ocorrerá da mesma maneira, diretamente em depósito em conta ou por meio de crédito em poupança digital da Caixa.

       Ocorrerá reavaliação dos beneficiários aprovados com verificação mensal dos critérios. A previsão é de que menos beneficiários sejam atingidos com o benefício. Por exemplo, não receberá as novas parcelas de R$ 300 quem tenha vínculo de emprego formal ativo adquirido após o recebimento do auxílio emergencial; que tenha renda familiar mensal per capita acima de meio salário-mínimo e renda familiar mensal total acima de três salários-mínimos, entre outras condições.

Participe, apresente sua demanda ao vereador e fique por dentro da atuação do mandato por meio das nossas redes sociais: Facebook - Instagram e nosso WhatssApp.

Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

Com informações G1 / Crédito da imagem: Uol

Veja também

Fossá visita Hospital da Criança e constata demora no atendimento15/05/15 Chapecó – O vereador Cleiton Fossá esteve no final da tarde de sexta-feira (15) no Hospital da Criança (HC) e presenciou dezenas de mães e pais com seus filhos nos colos, esperando atendimento, em alguns casos a mais de seis horas. Além disso, como no local não há espaço para espera de familiares, as pessoas precisam ficar do lado de fora do......
Fossá cobra melhorias no Hospital da Criança18/10/17 Chapecó - Seguindo pedido de muitos pais, o vereador Cleiton Fossá esteve na noite de terça-feira no Hospital da Criança (HC), onde novamente constatou a demora no atendimento às crianças, bem como, a falta de um local adequado para os familiares aguardarem.......
O perfil do trabalhador: reflexões sobre sua condição!30/04/18 Chapecó – Às vésperas da comemoração do dia do trabalhador nos colocamos diante de dois processos antagônicos. O primeiro é o reconhecimento da importância do trabalho em nossa sociedade e o valor do......

Voltar para NOTÍCIAS