Postado em 17 de Setembro de 2020 às 15h03

Parcelas de R$ 300 são regulamentadas no auxílio emergencial

       A prorrogação do Auxílio Emergencial foi oficializada pelo governo federal e Ministério da Cidadania. Pela nova regra, as próximas quatro parcelas serão pagas ao valor de R$ 300. O benefício foi renomeado de "Auxílio Emergencial Residual" com novas regras e com acesso restrito. O primeiro pagamento das quatro novas parcelas iniciou nesta quinta-feira (17), com prioridade para aquelas pessoas com número final do NIS 1. 


       O limite de recebimento do novo benefício será até 31 de dezembro, independente do número de parcelas que já tenham sido recebidas pelo beneficiário. É importante estar atento em como funcionará o recebimento. Quem recebeu após abril terá direito a menos parcelas de R$ 300 e o valor dependerá da data de concessão do auxílio emergencial residual.

       O Ministério da Cidadania informou ainda que as cinco parcelas de R$ 600 ainda estarão disponíveis para quem passou a receber a partir de julho, além de uma nova parcela do novo benefício, que deve ser paga em dezembro. A Caixa destaca que o pagamento ocorrerá da mesma maneira, diretamente em depósito em conta ou por meio de crédito em poupança digital da Caixa.

       Ocorrerá reavaliação dos beneficiários aprovados com verificação mensal dos critérios. A previsão é de que menos beneficiários sejam atingidos com o benefício. Por exemplo, não receberá as novas parcelas de R$ 300 quem tenha vínculo de emprego formal ativo adquirido após o recebimento do auxílio emergencial; que tenha renda familiar mensal per capita acima de meio salário-mínimo e renda familiar mensal total acima de três salários-mínimos, entre outras condições.

Participe, apresente sua demanda ao vereador e fique por dentro da atuação do mandato por meio das nossas redes sociais: Facebook - Instagram e nosso WhatssApp.

Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

Com informações G1 / Crédito da imagem: Uol

Veja também

Fossá busca mais uma assinatura para abrir CPI da Saúde25/11/16 Chapecó - Seis vereadores de Chapecó já assinaram o requerimento, de autoria do vereador Cleiton Fossá, pela abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) pela Câmara de Vereadores de Chapecó. O principal objetivo é investigar possível irregularidade administrativa relativa a desvio de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), ocorrido na Secretaria de Saúde de Chapecó, entre 1º de janeiro de 2013 e 12 de......
Fossá palestra sobre acessibilidade nas escolas20/05/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá participou na noite de segunda-feira (19) do seminário sobre acessibilidade nas escolas, promovido pela 8ª fase do curso de Pedagogia da UFFS, juntamente com o atleta paradesportivo Ademir Moro. Na palestra, o vereador......
Fossá cobra expansão da oferta do ensino médio03/02/17 Florianópolis - Realizando visita a Florianópolis, o vereador Cleiton Fossá se encontrou com o diretor de Políticas e Planejamento Educacional da Secretaria de Estado da Educação, Gilberto Agnolin. Fossá conversou sobre a expansão da oferta do ensino médio na......

Voltar para NOTÍCIAS