Postado em 09 de Julho de 2020 às 16h08

Senado aprova prioridade à mulher chefe de família no auxílio emergencial

Cleiton Fossá | Vereador Segue à sanção presidencial, o projeto aprovado nesta quarta-feira, 8, pelo Senado, que estabelece prioridade no pagamento do auxílio emergencial em dobro para a mulher de família...

Segue à sanção presidencial, o projeto aprovado nesta quarta-feira, 8, pelo Senado, que estabelece prioridade no pagamento do auxílio emergencial em dobro para a mulher de família monoparental, em situações em que o pai também apresenta-se como responsável pelos filhos.

Com a medida, caso exista conflito entre a mãe e o pai, a preferência para o recebimento será da mulher. Está previsto ainda, amparo em relação à situação de Violência (180), disponibilizada para denúncias de violência e dano patrimonial, para os casos em que a mulher tiver o auxílio emergencial subtraído, retido ou recebido indevidamente por outra pessoa.

Além disso, de acordo com o projeto, os pagamentos que forem indevidos ou feitos em duplicidade deverão ser ressarcidos à União. Caso o responsável tiver o seu benefício subtraído ou recebido indevidamente por outra pessoa em questão, a legislação garante o pagamento retroativo a que teria direito.

De acordo com a lei em vigor que instituiu o auxílio emergencial, a mulher responsável pela família monoparental tem direito a receber duas cotas mensais do auxílio, o que dá o valor de R$ 1.200,00. As famílias monoparentais são aquelas nas quais a guarda dos filhos ou dependentes seja exclusiva de um dos pais.

Como já dito, o projeto foi aprovado em votação no Senado e segue agora para à sanção presidencial.

 

>>> Fique por dentro da atuação de Cleiton Fossá pelo WhatsApp, ou através das redes sociais: Facebook e Instagram.



Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

  • Cleiton Fossá | Vereador -

Veja também

Cleiton Fossá apresenta projeto que institui IPTU Verde em Chapecó20/03/17 Chapecó - Fomentar medidas que melhorem, preservem, protejam e recuperem o meio ambiente, mediante a concessão de benefício tributário ao contribuinte. Esta é a proposta do vereador Cleiton Fossá, através do Projeto de Lei 027/17, que prevê a instituição do IPTU Verde em Chapecó. A iniciativa foi apresenta em março e tramita nas comissões internas da Câmara. Se a proposta for aprovada, a redução do IPTU será......
Como provar seu amor em época de coronavírus24/03/20        Em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus as relações sociais mudaram. Se antes nos encontrávamos nas ruas, praças e demais espaços físicos, hoje, o contato é......
Descarte irregular de lixo: conscientização e cuidado dobrado! 12/03/19               Em Chapecó, cerca de 350 famílias garantem a sua renda por meio da coleta de materiais recicláveis, no total o município conta com 14 associações que desenvolvem......

Voltar para NOTÍCIAS