Postado em 23 de Novembro de 2017 às 08h49

Votação do projeto de transparência no SUS será em dezembro

Chapecó – O Projeto de Lei 072/17, de autoria do vereador Cleiton Fossá, que garante a divulgação das listagens de pacientes que aguardam por consultas com médicos especialistas, exames e cirurgias na rede pública municipal de Chapecó será votado pela Câmara somente em dezembro. A previsão era de votação em novembro, mas houve pedido de vistas. O Projeto já teve parecer favorável da Procuradoria do Poder Legislativo e da Comissão de Legislação e Justiça e aguarda por aprovação dos vereadores.

O vereador apresentou a iniciativa ainda no primeiro ano de mandato, em 2013, após visitar as Unidades de Saúde e constatar a demora e falta de informações. Depois, reapresentou o Projeto em 2014, 2015 e 2016, sempre sendo rejeitado pela base governista. Fossá explica que para preservar o direito à privacidade do paciente, a identificação será realizada por meio do cartão nacional de saúde ou pelo CPF. “Chapecó já podia contar com este serviço deste 2013. Agora é o momento certo para isso”, ressalta ele.

A diferença agora, explica Fossá, é que uma lei semelhante foi sancionada pelo governador Raimundo Colombo em âmbito estadual, após Projeto de Lei do deputado estadual Antônio Aguiar ter sido aprovado pela Assembleia Legislativa (Alesc). A lei estadual não inclui, necessariamente, as questões de saúde relacionadas aos municípios, por isso, a necessidade de uma lei municipal para regulamentação. “Desde que assumiu como vereador, nossa luta é por maior transparência na área da saúde em Chapecó”, diz.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Projeto de Lei que visava tornar transparente as informações sobre multas de trânsito em Chapecó é rejeitado pelos vereadores da Prefeitura 08/04/19         Apresentei recentemente o Projeto de Lei n° 9/2019 que pretende tornar obrigatória a divulgação de dados sobre multas de trânsito no âmbito do município de Chapecó.          Apesar de ter parecer favorável e ser inclusive uma obrigação do município, os vereadores da base governista......

Voltar para NOTÍCIAS