Postado em 05 de Novembro de 2015 às 16h04

Entidades manifestam apoio ao projeto 194/14

Audiência Pública (23)Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Orçamento Municipal (4)Projeto 194/14 (6)Reunião (32)Vereador (224)
Chapecó - A Câmara de Vereadores de Chapecó realizou, na noite de quinta-feira (5), reunião de trabalho para debater o Projeto de Resolução 194/14, de autoria do vereador Cleiton Fossá. O Projeto prevê a realização de Audiências Públicas, promovidas pelo poder legislativo, para discutir o orçamento público anual. Se aprovado, deverá ocorrer antes da apreciação pela Câmara. De acordo com Fossá, os principais objetivos do Projeto 194/14 são proporcionar à população mais informações sobre os recursos públicos; garantir o controle e participação social; e também a transparência de onde é investido o dinheiro público. As entidades presentes manifestaram total apoio ao Projeto, pela importância da participação popular nas discussões sobre o orçamento. Cleiton Fossá lembra que em 2016 a previsão de orçamento da prefeitura de Chapecó é de R$ 750 milhões, sendo que neste ano foi R$ 691 milhões. 'Onde esse dinheiro é investido'Quais obras são prioritárias'É isso que nosso projeto visa: que cada região de Chapecó elenque suas principais necessidades', diz. O vereador lembra que o poder legislativo tem o dever de ouvir a população. Presentes Participaram da reunião o representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção Chapecó, Ricardo Ripke; a presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Chapecó e Região (Sitespm-CHR), Rozangela Dalbosco; o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Chapecó (Sindicom), Ivo Pereira Moraes; o presidente da União Comunitária de Chapecó (Unichap), Elso de Almeida; e o diretor do Centro de Referência em Direitos Humanos da UFFS, Antonio Valmor de Campos.

Veja também

Fossá quer solução para problemas na saúde12/05/15 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá visitou várias unidades de saúde de Chapecó e ouviu da população que usa o Sistema Único de Saúde (SUS) relato de problemas no atendimento. Os pacientes apontaram problemas como falta de fichas para atendimento médico, demora na realização de exames especializados e de consultas com especialidades médicas, falta de medicamentos e de médicos e ausência de profissionais nas......
CPI do Asfalto é prorrogada18/12/13 Chapecó - Em reunião na tarde de hoje (18), os vereadores membros da CPI do Asfalto decidiram, de modo consensual, prorrogar os trabalhos da Comissão por mais 60 dias. Assim, as investigações se estenderão até 22 de fevereiro. O presidente Itamar Agnoletto, o......

Voltar para NOTÍCIAS