Postado em 26 de Abril de 2018 às 10h37

Estiagem deixa municípios em estado de emergência

Cleiton Fossá | Vereador Chapecó – A falta de chuva das últimas semanas tem provocado problemas em diversas cidades de Santa Catarina. Conforme a Epagri/Ciram, órgão estadual que monitora as...

Chapecó – A falta de chuva das últimas semanas tem provocado problemas em diversas cidades de Santa Catarina. Conforme a Epagri/Ciram, órgão estadual que monitora as condições climáticas, a redução do nível dos rios deixou, pelo menos, cinco cidades em estado de emergência para estiagem: Concórdia, José Boiteux, São João Batista, São Martinho e Braço do Norte. Já as cidades de Forquilhinha, Canoinhas, Camboriú e Rio Negrinho estão em alerta.

Segundo a Epagri/Ciram, uma forte massa de ar seco mantém o predomínio do sol e calor em todo o Estado, o que pode agravar ainda mais situação de estiagem. Não há previsão de chuva significativa para os próximos dias em Santa Catarina. Além do calor, os meteorologistas alertam para as condições extremamente baixa de umidade do ar durante os próximos dias em todas as regiões do Estado, com índices podendo chegar a 30% durante o período da tarde.

Para os próximos dias, a previsão é de tempo seco e de calor em toda Santa Catarina. Durante a madrugada, a temperatura fica mais amena, e vai se elevando ao longo do dia. Para domingo há previsão de aproximação de uma frente fria, que pode causar pancadas de chuva isoladas. A Epagri/Ciram diz que o volume de chuva em Santa Catarina durante o mês de abril foi irregular e abaixo da média, sendo que era esperado em torno de 100 milímetros de chuvas.

Para maio, a previsão é de chuvas abaixo da média para o mês, que é 170 milímetros, em todas as regiões de Santa Catarina. Ainda, a Epagri/Ciram prevê que o frio chega com temperaturas baixas e possibilidade de neve, especialmente na região da Serra, e de geadas nas regiões Oeste e Sul do Estado. Mesmo assim, há previsão de ocorrer entre maio e junho o fenômeno conhecido como veranico, quando há temperaturas mais altas no meio do outono.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Fossá repercute que prefeitura está falida e abandonada15/10/14 Chapecó - Falida e abandonada. É assim que o colunista Paulo Schwantz destacou que está a prefeitura de Chapecó. Conforme o colunista, enquanto o prefeito é só 'festa e foguete', a prefeitura deve para todo mundo. Para o vereador Cleiton Fossá, isso comprova o que ele vem dizendo desde que assumiu como vereador, há quase dois anos. 'Não há vontade política de resolver os problemas. Empurra-se com a......
Programa e-Cidadania é aprovado em Chapecó20/09/17 Chapecó - A Câmara de Vereadores aprovou o Projeto de Resolução 026/17, de autoria do vereador Cleiton Fossá, que cria o Programa e-Cidadania. A iniciativa visa estimular e possibilitar maior participação dos cidadãos, por meio da tecnologia da informação e......
Fossá quer mudanças no sistema de numeração27/01/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá voltou a manifestar preocupação em relação ao sistema de numeração da cidade de Chapecó. O parlamentar explica que recebe inúmeros relatos da comunidade devido os problemas na entrega de correspondências, motivada pela falta......

Voltar para NOTÍCIAS