Postado em 22 de Abril de 2014 às 20h54

Governo Caramori é derrotado em votação

Votação (3)Vereador (224)Recursos (3)Cleiton Fossá (314)Chapecó (304)Aprovação (3)
Chapecó - O governo Caramori sofreu um revés nesta terça-feira (22) durante a sessão da Câmara de Vereadores de Chapecó. Três recursos apresentados pelo vereador Cleiton Fossá, contra arquivamento de três projetos de sua autoria, foram votados e aprovados por maioria de votos. Enquanto os sete vereadores de oposição estavam presentes na sessão e votaram a favor dos recursos, apenas seis vereadores da base governista estavam em plenário, sendo que eles votaram contra. Os outros sete vereadores governistas não compareceram à sessão desta terça-feira. O projeto de lei 003/14 dispõe sobre a divulgação das listagens de pacientes que aguardam por consultas com médicos especialistas, exames e cirurgias na rede pública de Chapecó. O projeto de lei 005/14 trata sobre a divulgação da lista de espera dos cidadãos cadastrados para o acesso aos programas habitacionais do município. Já o projeto de lei 040/14 dispõe sobre a autorização para contratação de estagiários pela Administração Pública. Como os recursos contra o arquivamento foram aprovados, os projetos agora serão discutidos e votados pelo plenário da Câmara. Posicionamento Na sessão presidida por Ildo Antonini, votaram a favor dos recursos contra o arquivamento: Cleiton Fossá, Marcilei Vignatti, Nacir Marchesini, Cleber Ceccon, Paulinho da Silva, Maximino Costa e Diego Alves; enquanto os vereadores Valmor Scolari, Dalmir Pelicioli, Celio Portela, Mario Tomasi, Neuri Mantelli e Marcio Sander votaram contra. Os vereadores João Rosa, Dirceu Cecchin, Valdemir Stobe 'Tigrão', João Siqueira, Itamar Agnoletto, Delvino Dall Rosa e Arestide Fidélis não compareceram. Alguns justificaram as faltas.

Veja também

Reunião discute clandestinidade de marmorarias24/09/13 Chapecó - Foi realizada na tarde de ontem, no plenário da Câmara de Vereadores de Chapecó, reunião de trabalho sobre a forma de deliberação de funcionamento, concessão de alvarás sanitários, e exigências para o funcionamento das sociedades empresariais dos setores de mármores, granitos e afins, com enfoque nos processos de produção e consequente manutenção da preservação ambiental. A iniciativa foi proposta através......

Voltar para NOTÍCIAS