Postado em 29 de Maio de 2018 às 13h48

Greve dos caminhoneiros: Saiba como estão os serviços em Chapecó

Cleiton Fossá | Vereador Chapecó – A manifestação dos caminhoneiros chega ao 9º dia. No estado de Santa Catarina há 155 pontos de manifestação. Em Chapecó, o movimento está em...

Chapecó – A manifestação dos caminhoneiros chega ao 9º dia. No estado de Santa Catarina há 155 pontos de manifestação. Em Chapecó, o movimento está em dois pontos, na BR-282 e no Distrito de Marechal Bormann. O movimento, que há pouco completou uma semana, é reflexo do alto preço do combustível e da desvalorização do governo para com os trabalhadores. Entretanto, não é necessário completar duas semanas para que a população sinta as consequências da paralisação.

Os postos ainda não estão ofertando combustível para os chapecoenses. Entretanto, ainda podem contar com o transporte público. Para oferecer o serviço por mais tempo, o número de viagens foi reduzido, o transporte está funcionando a cada 45 minutos em horários fora de pico. Os transportes escolares do interior também reduzirão o número de viagens. Os alunos que não tiverem acesso ao transporte poderão justificar a falta. Cerca de 300 crianças do interior já estão sem transporte.

Educação

Na área de educação, 146 escolas do estado suspenderam as aulas. Em Chapecó, até nesta quarta-feira (30), os alunos poderão ir normalmente para a aula. Caso não tenham como se locomover até as escolas, as faltas serão justificadas para os estudantes. Se a greve continuar, a partir de segunda-feira, dia 5 de junho, as aulas serão canceladas devido à paralisação. A prefeitura de Chapecó também relatou que, com a falta de gás, não terá como garantir a alimentação dos estudantes.

Saúde

Na saúde, as unidades básicas estão atendendo normalmente. Em relação aos medicamentos, a situação agravou. Antes mesmo da greve alguns remédios já estavam em falta. No Pronto Atendimento do bairro Efapi, dez já não estavam disponíveis, como medicamentos para gripe, enjoo, dor muscular, asma, antialérgico, anti-inflamatório, pomadas. Já nos hospitais, o atendimento será realizado até quarta-feira, conforme o Hospital Regional do Oeste (HRO) e o Hospital da Criança (HC).

Município

Os eventos oficiais também foram cancelados. A princípio, a Guarda Municipal e os Agentes de Trânsito atuam normalmente, bem como a Assistência Social, a Cidade do Idoso, os serviços de coleta de lixo e atividades culturais, como o programa Arte Cidadã e as aulas da Escola de Artes. O mandato do vereador Cleiton Fossá continuará atento a todas as novidades da manifestação e trazendo informações para todos os chapecoenses e moradores de demais municípios.

 

Alessandra Favretto, Assessoria De Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Lei orçamentária não prevê recursos para obras16/11/18 Chapecó – A Lei Orçamentária Anual (LOA) do próximo ano já está tramitando na Câmara de Vereadores de Chapecó. Para 2019, a previsão é de um orçamento público de R$ 1.032 bilhão, sendo que os três maiores orçamentos são a Saúde, com R$ 274,7 milhões; a Educação, que......

Voltar para NOTÍCIAS