Postado em 08 de Dezembro de 2014 às 17h45

Requerimento que convocava secretários é rejeitado

Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Requerimento (10)Vereador (224)
Chapecó - Mais uma vez a base governista decidiu pela falta de transparência. Foi assim que o vereador Cleiton Fossá definiu a rejeição do requerimento 324/14, de sua autoria, que solicitava a presença de secretários e superintendentes na Câmara de Vereadores para falaram sobre as ações desenvolvidas. O objetivo, diz Fossá, é que os secretários prestassem contas das ações realizadas em suas pastas, investimentos realizados e apresentassem o planejamentos para 2015. O vereador recorda que um dos objetivos essenciais da administração pública moderna é a transparência pública, ou seja, a divulgação das ações governamentais aos principais interessados, que são os cidadãos. 'Uma das atribuições dadas ao administrador público é a obrigação de atuar com moralidade, ética, boa-fé e lealdade, atributos esses do princípio da moralidade', justifica Fossá, lembrando que todas as ações de um governo devem ser publicizadas para o controle social. Para Fossá, secretários e superintendentes têm o dever de prestarem contas de suas ações, bem como apresentarem à sociedade onde o público foi investido. 'Não sei o motivo de alguns vereadores da base governista blindarem tanto os secretários. O que querem esconder'', perguntou. Fossá teve diversos requerimentos e projetos que garantiam acesso à informação e transparência pública rejeitados ao longo dos dois primeiros anos de mandato. 'Vou seguir na luta', concluiu.

Veja também

Fossá comenta medidas adotadas pela prefeitura30/06/15 Chapecó - A prefeitura de Chapecó anunciou na tarde desta terça-feira (30) a redução da estrutura administrativa e corte de servidores comissionados. Para o vereador Cleiton Fossá, a medida é 'sensata e necessária frente às dificuldades financeiras que o município vem atravessando'. A expectativa é de uma economia de R$ 1 milhão por mês com a redução de comissionados. 'Se essas medidas tivessem sido......
Fossá denuncia dívida de Chapecó com o Simprevi11/11/13 Chapecó - O Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) apurou que 24 dos 69 Regimes Próprios de Previdência Social (RPPSs) de municípios do Estado são deficitários e que, em conjunto, apresentavam um déficit atuarial de R$ 1,1 bilhão. O vereador Cleiton......

Voltar para NOTÍCIAS