Postado em 24 de Abril de 2018 às 18h02

Segurança Pública: um bem dos cidadãos

Cleiton Fossá | Vereador Chapecó – Na estrutura da Segurança Pública de Santa Catarina estão as cinco instituições que garantem aos cidadãos os seus direitos e o cumprimento de deveres,...

Chapecó – Na estrutura da Segurança Pública de Santa Catarina estão as cinco instituições que garantem aos cidadãos os seus direitos e o cumprimento de deveres, são elas: Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Geral de Perícias (IGP) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Como apoio para o cumprimento dos objetivos, programas como Proerd, Polícia Comunitária, Projeto Golfinho, Bombeiro Mirim, Bombeiro Juvenil, Brigada Comunitária, Bem-Te-Vi, Bem-Te-Vi Online, Informações de Segurança para Turistas.

Quando pensamos em segurança pública geralmente pensamos na polícia. A recomendação da Organização das Nações Unidas (ONU) é de um policial para cada 450 habitantes. Em Chapecó há um policial, em média para cada 778 habitantes. Logo, a Polícia Militar realiza um bom trabalho com a estrutura que tem a sua disposição. O problema de Segurança Pública está para além do trabalho que as polícias e as instituições desenvolvem. A segurança pública parte de uma estratégia política que envolve os setores de educação também.

Por exemplo, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (SSP/SC), no ano de 2017 foram registrados 144 casos a mais de estelionato em relação ao ano anterior. Entre janeiro e fevereiro deste ano foram registrados 83 golpes. Os criminosos geralmente escolhem os idosos para ser o público-alvo em Chapecó. A prática do estelionato mais conhecida no município é o “Golpe do bilhete”.

O vereador Cleiton Fossá apresentou um Projeto de Lei que visa melhorar a segurança nas agências bancárias públicas e privadas de Chapecó. Desse modo, a proposta é contratar a vigilância armada para trabalhar enquanto as agências estiverem funcionando, inclusive nos finais de semana. Essa medida permitiria que os chapecoenses pudessem ficar menos vulneráveis a assaltos em horários de pouco movimento. Para tal, os agentes também precisam de estrutura e dispositivos para pedir a ajuda da polícia quando necessário.

O Projeto de Lei, além de oferecer segurança para que as pessoas não fiquem vulneráveis a furtos e roubos, ajudaria os idosos quando precisam sacar dinheiro. Os vigilantes poderiam alertar quando estranhos observam o movimento nas agências ou tentam manipular os idosos para que os mesmos não saquem quantias altas em troca de "bilhetes premiados". Logo, ajudaria a dificultar a ação dos golpistas e assim reduzir o crime de estelionato contra idosos.

O mandato do vereador Cleiton Fossá também desenvolveu outras ações. O requerimento 232/2017 que demanda para a prefeitura melhores condições de trabalho aos guardas municipais: coletes a prova de bala, porte de arma. Por conseguinte, a prefeitura renovou o convênio com a Polícia Federal, adquiriu coletes e renovou estoque de sprays. Também no ano passado, uma moção foi realizada para que fosse procedido o chamamento dos que haviam passado em concurso público da polícia civil, de agente penitenciário e polícia militar.

Desde 2013, especialmente na Comissão de Segurança Pública da Câmara, o mandato defendeu medidas alternativas para não sobrecarregar o efetivo por conta do deslocamento de policiais em época de veraneio no Estado de Santa Catarina; bem como sobre o anúncio da transferência de 800 presos para o Sistema Carcerário chapecoense, no ano de 2013. Logo, em 2018 foi solicitado maior patrulhamento da Polícia Militar e aumento do efetivo.

A Segurança Pública está relacionada a criação e principalmente aprovação de propostas que contribuam para diminuir os riscos que a população está exposta. Os policiais e agentes públicos realizam o seu trabalho, mas é difícil diminuir os números da criminalidade se não houver estratégias políticas que colaborem com o serviço desses profissionais, além do que, é necessário a valorização das pessoas.

 

Alessandra Favretto, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Crédito das fotos: Tribuna do Norte, Ronda JC, Corpo de Bombeiros, Rádio Som do Céu, Blog Eu Vou Passar, Notícias Concursos

Veja também

Fossá articula reabertura da Delegacia da Efapi10/02/17 Chapecó - Com uma população superior a 200 mil habitantes, Chapecó conta apenas com duas Delegacias de Polícia. Havia uma terceira, fechada em 2014 por falta de efetivo. O aumento da criminalidade no município, entretanto, fez com que o vereador Cleiton Fossá articule a reabertura da 3ª DP, localizada no bairro Efapi. Em agenda em Florianópolis, na semana passada, Fossá se reuniu com Artur Nitz, delegado-geral de......
Chapecó pode ser exemplo nacional 13/11/19         223.360 (Duzentos e vinte mil, trezentos e sessenta e sete) habitantes. Esse é o tamanho da nossa querida Chapecó, de acordo com o último censo levantado pelo IBGE. Somos a maior cidade do oeste......
Fossá critica gastos com publicidade06/09/13 Chapecó - Após a cassação do prefeito de Chapecó, José Caramori, por exceder o limite permitido durante ano eleitoral com gastos com publicidade, o vereador Cleiton Fossá lembra que em maio apresentou na Câmara de Vereadores requerimento pedindo informações......

Voltar para NOTÍCIAS