Postado em 01 de Setembro de 2020 às 17h44

Burocracia em Chapecó: Demora no processo para abertura de empresas gera dor de cabeça para quem quer empreender

     Chapecó é um município historicamente marcado pelo trabalho, geração de empregos e anseios em empreender. O trabalho está presente no "DNA" do chapecoense.

       O futuro parece promissor para o estabelecimento de novas empresas, no entanto, a atual administração não tem honrado esse valor do trabalho. Essa realidade é provada com as constantes reclamações para a abertura de empresas que chegam até o mandato de Cleiton Fossá. 

        Existem empresários interessados em empreender no município, mas que enfrentam muitas dificuldades até a liberação dos alvarás. Um deles é Márcio Fortes que abriu empresa em 2007, e considerou o processo burocrático, extremamente lento, caro, sem amparo e auxilio público.

       "Em minha opinião, essa burocracia é lamentável porque é muito importante para o empresário quanto para o setor público, para a geração de emprego e renda ao município", destaca.

       As etapas para abertura de empresa no município conforme Márcio passaram pela: 

Contratação do setor de Contabilidade; 

Solicitação na junta comercial da fazenda da solicitação do CNPJ;

Pagamentos de guias estaduais e serviços contábeis;

Solicitação do Alvará e vistoria por parte da prefeitura;

Aguardar a liberação e aprovação da vistoria;

Pagar guias municipais de impostos;

Fazer a contratação dos funcionários;


       O empresário do ramo de tecnologia relata que até o último passo para finalmente "abrir as portas" foram necessários mais de seis meses de espera. Márcio também avaliou o atendimento recebido.

        "Se fosse dar uma nota de um a 10, daria cinco. Se você der sorte, consegue um agente público que conheça os processos, caso contrário, eles ficam te passando de setor por setor", destaca. 

           Na opinião do empresário, o processo foi extremante lento, moroso e ineficiente.

        "O que falta é integração entre o órgão público estadual e municipal, porque a solicitação é a mesma - a abertura da empresa. Por que não centralizar todas as demandas em uma única solicitação, onde os interessados pudessem acompanhar em que fase se encontra seu processo e quanto tempo ficou parado seu processo em determinado setor?", questiona Marcio.

       A solução, na visão dele, contempla automatizar processos por meio de um software de gestão pública eficiente, onde que o agente público fosse cobrado por tarefas que estão abertas em seu nome.

       "Assim, todos ganham, o agente público, contribuinte (empresário), e o órgão público que saberia se existe ou não "gargalos" de atraso e em qual setor estão acontecendo estes problemas", explana.

       Para o empresário, a vistoria pública para também deveria ser informatizada com sistema de mobilidade para evitar retrabalhos. "Falo isso porque vieram vistoriar minha empresa com papel e caneta e o agente público disse que voltaria e passaria tudo novamente no sistema interno da Prefeitura.

       E a margem do agente transferir errado ao sistema ou esquecer" Não seria melhor com sistema de mobilidade?", aponta. 

       "A Administração Municipal dificulta o processo e a abertura de empresas. Não ampara e muito menos incentiva o empreendedor. Se eu tratasse meus clientes como a prefeitura me trata, com certeza já estaria quebrado há muito tempo", responde Marcio, com indignação.

       Nosso mandato sempre esteve e continuará atento os problemas dos chapecoenses, buscando as soluções necessárias. Com este tema não é diferente. Se você possui alguma dificuldade como as aqui relatadas, entre em contato com o vereador Fossá.

Participe, apresente sua demanda ao vereador e fique por dentro da atuação do mandato por meio das nossas redes sociais: Facebook - Instagram e nosso WhatssApp.



Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá



Veja também

FIES prorroga prazo para inscrições28/02/18 Chapecó – As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) estavam previstas para encerrar nesta quarta-feira (28). Entretanto, o sistema registrou 387.488 inscrições concluídas e 427.431 inscrições em andamento. Logo, o Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo. Os pretendentes podem se inscrever até......
Mais de 350 pessoas estão infectadas com a Covid-19 em Chapecó11/05/20 O município de Chapecó, registra 353 casos confirmados de Covid-19. Sendo que 26 estão recuperados. Nenhum óbito foi registrado. Destes, três estão internados em leito de UTI e oito em enfermaria. Em isolamento......

Voltar para NOTÍCIAS