Postado em 23 de Julho de 2015 às 16h26

Cleiton Fossá alerta para retorno de comissionados exonerados

Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Comissionados (5)Denuncia (9)Exonerados (3)Fiscalização (7)Prefeitura (38)Vereador (224)
Chapecó - O vereador Cleiton Fossá recebeu diversas denúncias de que muitos comissionados exonerados no início de julho seguem trabalhando nas repartições públicas aguardando suas respectivas recontratações já no mês de agosto e/ou setembro. Ainda, as denúncias detalham que a recontratação dos comissionados exonerados será com salários maiores do que recebiam antes. Conforme Fossá, se o fato for confirmado, a prefeitura de Chapecó seguirá gastando R$ 1,7 milhão por mês com comissionados, mesmo que nem todos voltem. 'Toda aquela história de 'cortar na carne' parece não ter passado de simples 'teatro' para a agradar a comunidade, lembrando que ocorreu logo após o anúncio do cancelamento da Efapi 2015', disse o vereador. Fossá deve fazer uma representação ao Ministério Público sobre o caso de pessoas trabalhando em órgão público sem vínculo. Sobre a volta dos comissionados exonerados, Fossá diz que ficará vigilante. 'Espero que não se concretize! Vou acompanhar o caso, cumprindo o papel de fiscalizar e denunciar, sem medo de ameaça', finaliza o edil.

Veja também

CPI do Asfalto é prorrogada18/12/13 Chapecó - Em reunião na tarde de hoje (18), os vereadores membros da CPI do Asfalto decidiram, de modo consensual, prorrogar os trabalhos da Comissão por mais 60 dias. Assim, as investigações se estenderão até 22 de fevereiro. O presidente Itamar Agnoletto, o relator Arestide Fidélis e o membro Cleiton Fossá foram enfáticos em destacar a seriedade dos trabalhos, que já se reuniu em sete oportunidades, e na agilidade......
Fossá volta a pedir padronização dos pontos de ônibus20/01/16 Chapecó - A Lei Municipal 5.669/2009, que trata sobre a padronização dos abrigos de passageiros do transporte coletivo de Chapecó, foi aprovada pela Câmara de Vereadores em novembro de 2009. Mais de seis anos depois, entretanto, ela ainda não entrou em vigor.......

Voltar para NOTÍCIAS