Postado em 09 de Janeiro de 2014 às 16h33

O 'presente'de ano novo do governo Caramori/Buligon

Governo Caramori (3)Cleiton Fossá (314)Chapecó (304)

Chapecó - A população de Chapecó começou a retirar os carnes do ITPU 2014 e teve uma desagradável surpresa: em muitos casos os reajustes foram bem maiores que 100% de um ano para outro, graças principalmente ao reajuste na Taxa de Coleta de Resíduos (TCR), projeto enviado pelo governo Caramori/Buligon à Câmara de Vereadores em setembro de 2013. Conforme o vereador Cleiton Fossá, é importante lembrar que os projetos que aumentaram os tributos - TCR, Imposto Sobre a Transmissão Inter-Vivos (ITBI) e a taxa de Custeio da Iluminação Pública (Cosip) - foram aprovadas na Câmara de Vereadores por maioria de voto. "Eu votei contrário aos três projetos", explica Fossá.

Os projetos foram enviados à Câmara em regime de urgência, sem ser discutido com a sociedade e sem oportunidade dos vereadores aprofundarmos a discussão; ainda, vieram com falta de informações, como a projeção de arrecadação. "Os aumentos de tributos representaram a vontade do governo, que não possui uma proposta tributária equilibrada para o município. E mais, os reajustes oneram o erário e visam unicamente arcar com decisões equivocadas desde o governo João Rodrigues e a atual administração, como gastos excessivos com publicidade e ações meramente enganosas, além das dívidas com a pavimentação asfáltica, previdenciárias, entre outros".

Veja também

Prefeitura não fechou Superintendências, denuncia Fossá03/07/15 Chapecó - Uma das medidas anunciadas pela prefeitura de Chapecó para a contenção de gastos foi o fechamento de duas das cinco Superintendências - São Pedro e Passo dos Fortes. Porém, o vereador Cleiton Fossá verificou e constatou que as duas Superintendências não foram extintas, porém, apenas mudaram de local. Elas saíram de espaços alugados e foram para locais próprios da prefeitura. A Superintendência do São Pedro......

Voltar para NOTÍCIAS