Postado em 29 de Março às 09h54

Relembre: Fossá cria Programa e-Cidadania na Câmara de Vereadores de Chapecó

Desde 2017, a Resolução nº 5/2017, criada por Fossá, institui o Programa e-Cidadania, que visa estimular e possibilitar maior participação dos cidadãos, por meio da tecnologia da informação e comunicação, nas atividades legislativas, orçamentárias, de fiscalização e de representação do Poder Legislativo de Chapecó.

De acordo com o Programa e-Cidadania, qualquer cidadão pode apresentar ideias de projetos ou proposições através do Programa e-Cidadania, que será mantido em espaço específico na página da Câmara de Vereadores na internet. A pessoa poderá optar pelo tipo de assunto e propor a ideia, que precisa obter apoio de 5% do número de eleitores de Chapecó em até três meses.

Se conseguir apoio popular, a proposta começa a tramitar no Poder Legislativo, como se fosse de autoria de um vereador. O projeto terá o mesmo tratamento dado a todas as proposições previstas no Regimento Interno da Câmara e será encaminhada pela Secretaria da Casa às Comissões ou para a Assessoria Legislativa. Se avançar nas Comissões, o projeto de lei segue para votação em Plenário.

Essa possibilidade tão importante de participação popular já é bastante conhecida no Senado Federal, que possui o Portal e-cidadania desde 2012.

Mas em Chapecó, será que tem funcionado?


Cleiton Fossá
Advogado e Professor Universitário

Veja também

Licitações na Justiça se tornaram rotina em Chapecó25/09/17 Chapecó - O recente caso da decisão liminar que decretou a indisponibilidade de bens do prefeito Luciano Buligon e mais três pessoas é somente mais exemplo de licitações em Chapecó que foram parar nos tribunais, todas por indícios de direcionamento. O vereador Cleiton Fossá subiu à tribuna da Câmara e lembrou diversos casos ocorridos nos últimos anos, desde 2013, quando ele assumiu como vereador. Ainda em 2013,......
Ampliação do Auxílio Emergencial é aprovado pelo Senado23/04/20       Nesta quarta-feira (22) o Senado aprovou o projeto que inclui novos grupos para receber o auxílio emergencial e altera alguns requisitos. Agora o texto segue para a sanção presidencial.      ......

Voltar para NOTÍCIAS