Postado em 13 de Novembro de 2017 às 16h50

Vereador visita CEIMs de madrugada e constata filas

Chapecó – Após alguns pais relatarem a formação de filas em busca de vagas nos Centros de Educação Infantil de Chapecó, o vereador Cleiton Fossá resolveu, na noite e madrugada de domingo, percorrer diversos CEIMs. Entre às 22h de domingo e 3h de segunda-feira, Fossá esteve em mais de dez lugares, onde além de constatar o problema, conversou com os pais e familiares a respeito do problema.

Fossá explica que um relatório será feito e encaminhado à Secretaria de Educação com o objetivo de auxiliar o poder executivo e evitar que a situação se repita no próximo ano. O principal pedido dos pais é que os CEIMs disponibilizem um funcionário para distribuir senhas, para que eles possam ir para casa e voltar no horário de abertura do local, evitando que fiquem em filas durante a madrugada.

Outra proposta é que a prefeitura faça, nesse primeiro momento, uma parceria público-privada, oferecendo vaga em instituições particulares a fim de garantir o acesso à creche a todas as crianças, lembrando que é um direito constitucional. Fossá solicitará ainda qual o deficit de vagas em CEIMs e qual o plano da Secretaria para solucionar a falta de vagas, bem como, qual o plano de expansão dos CEIMs.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Prefeitura tenta se eximir de suas responsabilidades, diz Fossá16/01/15 Chapecó - 'Acompanhei a entrevista do prefeito de Chapecó em uma rádio da cidade, onde ele disse que a oposição usa de sarcasmo para atacar a administração, questionando a ética e a moral dos vereadores de oposição. Não é estranho o prefeito não ter falado sobre os dois anos de seu governo, já que foi um completo desastre. Falo de ações do governo e não da oposição. Cito como exemplo o bloqueio de bens......
Cidadãos têm direito de propor projetos de lei18/04/18         O desenvolvimento do projeto de lei não é exclusividade do poder legislativo, pois as normas que regem um município, estado ou país, também podem ser apresentadas por todos os cidadãos, sem......

Voltar para NOTÍCIAS