Postado em 15 de Maio às 11h11

A transparência na administração Pública é uma ferramenta para combater a corrupção

Cleiton Fossá | Vereador Em 1988, com a promulgação da Constituição da República Federativa do Brasil, entre muitos princípios da administração pública, trouxe em seu texto, o...

Em 1988, com a promulgação da Constituição da República Federativa do Brasil, entre muitos princípios da administração pública, trouxe em seu texto, o elemento de transparência.

A Constituição, garante ao cidadão o acesso aos dados públicos gerados e mantidos pelo governo, seja ele federal, estadual, ou municipal. Essa decisão, introduziu um novo aspecto ao comportamento de agentes e do setor público.

A atuação transparente se relaciona diretamente com a participação democrática e o exercício da cidadania, visando o controle de gastos e a visualização aberta aos recursos públicos.

A transparência do Estado se realiza por meio do acesso dos cidadãos às informações governamentais, o que torna mais democrática e estreita as relações entre o Estado e a sociedade civil. Para isso, é necessário observar e compreender formas efetivas de transformar a administração pública mais eficiente, ágil e transparente.

Entender que a transparência beneficia a todos, é o primeiro passo. O ideal, é a participação dos cidadãos em todos os processos públicos. Fortalece a democracia e garante de fato a existência da transparência.

Os gastos públicos devem passar por apreciação pública, uma vez que, a fiscalização coletiva otimiza os processos, destina os recursos para a ação necessária e aplica corretamente o recurso.

Uma ferramenta bastante necessária é a Lei de Acesso à informação, sancionada em 2011, que determina que os órgãos públicos precisam disponibilizar mecanismos para que as informações sejam de livre acesso, e que somente em casos específicos possam ser privadas. De acordo com a legislação, deve ser fornecida a informação, de maneira clara, e sempre que possível de modo imediato.

Outro exemplo é o Portal da Transparência, em que o cidadão pode encontrar informações sobre dinheiro público e como ele é utilizado. Segundo a Lei 12.527, cada município deve apresentar um portal oficial para divulgar os dados para todos os cidadãos. Essa determinação se estende para o governo estadual e Federal.

O direito do cidadão de obter informações de órgãos públicos é um procedimento necessário neste cenário em que vivemos. A luta contra a corrupção que atinge políticos, agentes públicos e grandes empresários nos últimos anos evidencia a necessidade da transparência.

Os casos de corrupção devem ser responsabilizados apropriadamente, e toda e qualquer má conduta, deve ser questionada e verificada. A integridade do setor público, e o fortalecimento de medidas de controle, verificação e transparência, intensificados.

A garantia da transparência pública interfere diretamente no dia a dia do povo trabalhador, afinal, o dinheiro público sai do bolso do contribuinte. Além de ser princípio do estado democrático de direito a fiscalização, é também um dever, como cidadão e integrante desse coletivo, chamado sociedade. 

 

Fique por dentro da atuação do Vereador Cleiton Fossá pelo WhatsApp, ou através das redes sociais: Facebook e Instagram.



Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

  • Cleiton Fossá | Vereador -

Veja também

Fossá quer mudanças no sistema de numeração27/01/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá voltou a manifestar preocupação em relação ao sistema de numeração da cidade de Chapecó. O parlamentar explica que recebe inúmeros relatos da comunidade devido os problemas na entrega de correspondências, motivada pela falta de ordem ordenada na numeração das residências, inexistência de placas de identificação nominal das ruas, falta de CEP, entre outros. Em novembro passado,......
Chapecó receberá 626 mil para combater o novo coronavírus30/03        Em coletiva de imprensa, na manhã desta segunda-feira (30), a prefeitura municipal de Chapecó, anunciou que receberá através do fundo municipal de saúde, o montante de 626 mil reais para atuar no......

Voltar para NOTÍCIAS