Postado em 07 de Novembro de 2018 às 16h04

Cleiton Fossá apresenta emendas na lei orçamentária

Cleiton Fossá Chapecó – A Lei Orçamentária Anual (LOA) de Chapecó para 2019 já está tramitando na Câmara de Vereadores. Para o próximo ano, a previsão é de um...

Chapecó – A Lei Orçamentária Anual (LOA) de Chapecó para 2019 já está tramitando na Câmara de Vereadores. Para o próximo ano, a previsão é de um orçamento público de R$ 1.032 bilhão, representando um acréscimo significativo em relação a 2018. Neste ano, o valor orçado foi de R$ 789 milhões, um aumento de cerca de 10% sobre o ano 2017, que teve orçamento de R$ 710 milhões.

Apesar do alto volume, o vereador Cleiton Fossá explica que das receitas municipais sobram apenas 3 a 5% para investimentos, como em obras, por exemplo. Desse orçamento, cerca de R$ 270 milhões vai para despesas com a folha de pagamento dos funcionários públicos municipais. “A prefeitura gasta, em média, R$ 15 milhões por ano somente com cargos comissionados”, diz ele.

Quase metade do orçamento total é destinado às Secretarias de Saúde e Educação, contabilizando os recursos federais. Para a Saúde são R$ 274,7 milhões, sendo R$ 150 milhões para a Atenção Básica e R$ 120,7 milhões para Assistência Hospitalar e Ambulatorial. Na Educação são R$ 206,1 milhões, com R$ 130 milhões para o Ensino Fundamental e R$ 61,2 milhões para a Educação Infantil.

A Secretaria de Infraestrutura Urbana tem orçamento de R$ 134,8 milhões. Estão previstos R$ 90 milhões para pavimentação e recuperação de vias e outros R$ 28 milhões para saneamento básico. Já a Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade Urbana terá R$ 76,2 milhões, sendo R$ 41 milhões para obras de infraestrutura e mobilidade e R$ 35,1 milhões para a segurança pública.

Emendas

Cleiton Fossá apresentou quatro emendas na LOA. A primeira destina R$ 2 milhões para a Secretaria de Educação, para a implementação de mais vagas em regime integral nos CEIMs e horários alternativos para filhos de trabalhadores da agroindústria e do comércio. Outra emenda destina R$ 1,5 milhão para a Vigilância Sanitária, a fim de ser revertida à causa animal.

As outras duas emendas são na área da saúde. Uma delas é endereçada ao setor de Atenção Especializada, repassando R$ 2 milhões para agilização do atendimento e para melhorias físicas no Hospital da Criança. A outra emenda é para a Atenção Básica, destinando R$ 2 milhões para ampliar e dar maior rapidez às consultas de média complexidade e para os exames médicos.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Fossá faz visitas e ouve lideranças24/07/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá tem aproveitado o mês de julho, que é de recesso parlamentar, para realizar visita à lideranças comunitárias em alguns bairros de Chapecó. O parlamentar explica que no período de recesso não são realizadas sessões na Câmara, porém, as atividades não param. 'Sem as sessões, resolvi estender as reuniões com algumas lideranças', diz. As reuniões, explica Fossá, são para......
Chapecó registra 441 casos de Covid-1914/05/20 Nesta quinta-feira (14), a prefeitura de Chapecó, apresenta a atualização dos casos de coronavírus no município. Desde o início da pandemia, são 441 casos confirmados, 247 suspeitos, 2108 monitoradas e 610......
Estiagem deixa municípios em estado de emergência26/04/18 Chapecó – A falta de chuva das últimas semanas tem provocado problemas em diversas cidades de Santa Catarina. Conforme a Epagri/Ciram, órgão estadual que monitora as condições climáticas, a......

Voltar para NOTÍCIAS