Postado em 07 de Outubro às 18h32

Dia da Conscientização da Fibromialgia



        Recentemente foi aprovado o Projeto de Lei de autoria do Vereador Cleiton Fossá, que Institui o "Dia Municipal de Conscientização da Fibromialgia", a ser celebrado, anualmente, no dia 12 de maio.


OBJETIVOS

O "Dia Municipal de Conscientização da Fibromialgia" tem como objetivo:

  • Debater assuntos relacionados com a Fibromialgia;
  • Promover a troca de experiências e informações sobre o assunto entre profissionais, pacientes, sociedade em geral;
  • Abrir espaço para os profissionais ligados à área da saúde, apresentarem novos estudos e pesquisas sobre a Fibromialgia.


POR QUE ESSE PROJETO É IMPORTANTE?

        A Sociedade Brasileira de Reumatologia a considera uma das doenças reumatológicas mais comuns, mesmo assim, a fibromialgia é pouco conhecida em meio à população, isso leva ao quadro em que os sintomas da doença geralmente são negligenciados ou confundidos com outras enfermidades.

        Por conta disso, os acometidos pela doença costumam demorar para procurar ajuda médica e, consequentemente, começam seus tratamentos, após muito já sofrer. 

        Frequentemente os portadores de Fibromialgia apresentam quadros de ansiedade e de depressão, decorrentes da dor crônica intensa. 

        Tais dores limitam fortemente as atividades cotidianas de seus portadores, comprometendo suas relações familiares, sociais, de trabalho e econômicas.

        Por isso, programas de conscientização buscam justamente esclarecer e incentivar as pessoas para que busquem tratamento médico adequado o mais brevemente possível, além de esclarecer a sociedade em geral sobre a doença, o que facilita a interação do indivíduo que sofre com a fibromialgia.

        Já temos algumas campanhas de conscientização no âmbito nacional, como o Fevereiro e Maio Roxo, e no âmbito internacional, com a instituição do Dia Mundial da Fibromialgia.

        Mas, como forma de complementar as demais ações que tratam sobre o tema, também são importantes iniciativas na esfera Municipal, a fim de estimular a realização de atividades tais como o já realizado, 1º Seminário de Fibromialgia em Chapecó, que ocorreu em 2018.

        Assim, o presente Projeto de Lei visa justamente conscientizar a população dessa importante questão. O dia 12 de maio foi escolhido tendo como base o Dia Mundial da Fibromialgia, que ocorre nesta mesma data.



Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

Veja também

Cleiton Fossá apresenta emendas na lei orçamentária07/11/18 Chapecó – A Lei Orçamentária Anual (LOA) de Chapecó para 2019 já está tramitando na Câmara de Vereadores. Para o próximo ano, a previsão é de um orçamento público de R$ 1.032 bilhão, representando um acréscimo significativo em relação a 2018. Neste ano, o valor orçado foi de R$ 789......
Curupira: a saúde em Chapecó anda para trás!21/05/18 Chapecó – Dias, meses e até mesmo mais que um ano, a demora para marcar uma consulta, exame ou cirurgia parece que se tornou normal para os chapecoenses. Se o 6º artigo da Constituição Federal prevê garantir os......

Voltar para NOTÍCIAS