Postado em 30 de Agosto às 09h37

Nova Matriz Econômica: Inovação e Tecnologia são bandeiras do mandato de Cleiton Fossá


       Santa Catarina é o 4ª maior estado em tecnologia do país conforme estudo da Tech Report 2020

       O faturamento total do setor de tecnologia brasileiro em 2019 foi de R$ 240 bilhões, montante que representa 3,3% do PIB brasileiro. Em Santa Catarina, o valor faturado em 2019 foi de R$ 18 bilhões, que correspondem a 7,4% do faturamento do setor de tecnologia brasileiro.

     Os números ultrapassam estados como Minas Gerais e Rio de Janeiro e consolidam Santa Catarina como o 4ª maior estado em tecnologia do país e o que mais cresceu em número de empresas de tecnologia.

      Os dados são do estudo Tech Report 2020, realizado pelo Observatório da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e pela Neoway, com apoio do Finep divulgado no último dia 18 de agosto com base em dados de 2015 a 2019.

       Com todos esses dados positivos, Cleiton Fossá defende o desenvolvimento de uma nova matriz econômica para o município de Chapecó, fundamentada na tecnologia e inovação.

       Desde o início da trajetória na Câmara, ainda em 2013, Fossá apoiou a Política Municipal de Incentivo à Inovação e Tecnologia e a posterior criação da Lei da Inovação.

       O Vereador também acompanhou de perto o projeto e a construção do Centro de Inovação Tecnológica de Chapecó Prefeito Ledônio Faustino Migliorini. O Centro está quase pronto e aguarda a colocação dos móveis.

       A conclusão do Centro de Inovação Tecnológica será um impulso para o crescimento da Inovação e Tecnologia no Estado. De acordo com o estudo da Tech Report, Santa Catarina é o segundo estado do Brasil com maior percentual de alunos do ensino superior em cursos voltados às competências de tecnologia. São 34,7 mil matrículas e cerca de quatro mil alunos em fase de conclusão de curso.


Política Municipal de Incentivo à Inovação e Tecnologia

       Cleiton Fossá foi um dos principais apoiadores da Política Municipal de Incentivo à Inovação e Tecnologia, conhecida como Lei da Inovação aprovada em 2013. Na época, o vereador realizou diversas reuniões de trabalho com o objetivo de debater e ajudar na construção do Projeto de Lei.

       Fossá tem dialogado com entidades para a promoção da Tecnologia e Inovação para o município. Desde 2013, Cleiton dialoga com entidades como Unochapecó, Senai, Senac, Unoesc, UFFS, DEATEC, Sebrae/SC, OAB, ACIC e Udesc para que Chapecó seja reconhecida em nível nacional como protagonista no setor de Tecnologia e Inovação.

        Criado pela Lei Municipal ainda em 2013, o Fundo Municipal tem o objetivo de estimular o desenvolvimento tecnológico do município e apoiar, mediante incentivo financeiro a implantação, expansão e a reativação de projetos industriais, comerciais e de prestação de serviços de microempresas, empresas de pequeno porte, médio e grande porte.

        No entanto, o fundo não tem recebido recursos, o que prejudica o desenvolvimento de políticas eficientes no setor. 

       Fossá entende que é importante fortalecer a economia de Chapecó e acompanhar o contribuir para o crescimento de Santa Catarina, já que o estado cresceu 11,8% no setor de tecnologia no período de 2015 a 2019. Mesmo diante do baixo crescimento da economia brasileira, foram fundadas 4.112 novas empresas no setor de tecnologia nos últimos três anos em Santa Catarina.

       Somente em 2019, o setor de tecnologia catarinense gerou 3,4 mil novas vagas de trabalho. O ecossistema de tecnologia catarinense é o sexto maior do país em número de empresas com crescimento de 7,7% no ano passado.

       O estudo apontou ainda que as mesorregiões do estado de Santa Catarina são polos de tecnologia. O Oeste Catarinense aparece em quarto lugar com 10,6%. A Grande Florianópolis é a líder em representativa com 32,5% do total de empresas. 

   "Precisamos proporcionar investimentos para a matriz econômica do agronegócio, agroindústria. Mas também precisamos de um olhar muito atento para as matrizes econômicas emergentes, a tecnologia e inovação, que são o futuro.

       Além de ambientalmente limpa, essa nova matriz fortalecerá a economia de Chapecó, pois permitirá a absorção dos profissionais que se formam nas universidades e institutos de ensino, que atualmente buscam outras cidades polos para trabalhar", reforça Cleiton.

Participe, apresente sua demanda ao vereador e fique por dentro da atuação do mandato por meio das nossas redes sociais: Facebook - Instagram e nosso WhatssApp.






Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá 

Veja também

Cleiton Fossá cobra a disponibilização de álcool gel 70% ao lado dos parquímetros13/05 Em tramitação na Câmara de Vereadores, a indicação de autoria do vereador Cleiton Fossá, busca tornar obrigatório a disponibilização de álcool gel 70% ao lado dos parquímetros em Chapecó.  A medida tem o objetivo de proteger os chapecoenses contra o novo coronavírus, diante do contexto de aumentos significativos nos......

Voltar para NOTÍCIAS