Postado em 11 de Junho de 2014 às 21h57

Projeto que previa mais transparência é arquivado

Vereador (224)Transparência (7)Cleiton Fossá (314)Chapecó (304)Câmara (84)
Chapecó - O recurso contra o arquivamento ao projeto 004/14, do vereador Cleiton Fossá, foi discutido na sessão desta quarta-feira (11). Por maioria de votos, o recurso não foi aceito e a iniciativa será arquivada, após o projeto receber parecer contrário da Comissão de Constituição e Justiça. O projeto previa a obrigatoriedade da divulgação da planilha de custo dos serviços públicos de Chapecó prestados por concessionárias, permissionárias, autorizatárias e contratadas. Sobre o parecer contrário da Comissão, Fossá argumentou que a União dos Vereadores de SC (Uvesc) se manifestou pela constitucionalidade do projeto. Ainda, o Ministério Público do Estado fez essa recomendação ao poder executivo municipal. 'O projeto não obrigaria a prefeitura a divulgar essas informações, mas sim às empresas'. Fossá lamentou, mais uma vez, a falta de informação à população chapecoense. 'Transparência não é favor, mas sim obrigação', finaliza Fossá.

Veja também

CPI tem novos depoimentos16/12/13 Chapecó - Foi realizada na manhã de ontem (16) a 6ª reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Asfalto em Chapecó. Neste encontro, houve os depoimentos do engenheiro da Planaterra, Darlan Almeida Russo, e do vereador Dalmir Pelicioli. A empresa Planaterra é a permissionária responsável pela pavimentação asfáltica em Chapecó. Já Pelicioli foi citado pelo vereador Delvino Dall Rosa (PMDB) no discurso que......
Projeto aprovado das PPPs é um perigo, diz Fossá07/08/15 Chapecó - O projeto 68/15, que institui o programa de Parcerias Público-Privadas em Chapecó, foi aprovado pela maioria dos vereadores na sessão realizada quinta-feira (6). Embora eu seja favorável às PPPs, desde que busquem desenvolver regiões carentes de......
Fossá denuncia dívida de Chapecó com o Simprevi11/11/13 Chapecó - O Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) apurou que 24 dos 69 Regimes Próprios de Previdência Social (RPPSs) de municípios do Estado são deficitários e que, em conjunto, apresentavam um déficit atuarial de R$ 1,1 bilhão. O vereador Cleiton......

Voltar para NOTÍCIAS