Postado em 09 de Agosto de 2018 às 11h54

Tecnologia e Inovação precisa se consolidar no Oeste

Cleiton Fossá | Vereador Chapecó – “A efetivação do Parque Científico e Tecnológico de Chapecó é essencial para o desenvolvimento social e econômico da região Oeste de...

Chapecó – “A efetivação do Parque Científico e Tecnológico de Chapecó é essencial para o desenvolvimento social e econômico da região Oeste de Santa Catarina”. Assim, define o vereador Cleiton Fossá a importância da retomada da obra, que iniciou ainda em 2014 e estava parada, uma vez que a empresa responsável abandonou a construção, após enfrentar problemas financeiros. Agora, uma nova empresa foi contratada e a expectativa é que a obra seja entregue em fevereiro do próximo ano.

O Parque de Chapecó é um dos 13 Centros de Inovação que estão em construção em Santa Catarina, através do Governo do Estado, em um projeto tripartite, que envolve prefeituras e universidades. Cleiton Fossá afirma que somente no passado as empresas de tecnologia e inovação movimentaram R$ 15 bilhões em Santa Catarina, o que já representa 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) catarinense. “Os Centros de Inovação precisam ser consolidados, a fim de fomentar e expandir a economia estadual”.

Conforme Cleiton Fossá, o Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) possui 110 empresas integradas que, juntas, geram mais de três mil empregos diretos e movimentam cerca de R$ 300 milhões por ano. “Tecnologia e inovação é uma matriz econômica emergente e necessita que seja fomentada, especialmente na região Oeste, sendo alternativa ao polo agroindustrial”. Para ele, o crescimento desta nova matriz é primordial na geração de mais empregos e no aumento da produção tecnológica.

Além do Parque, Cleiton Fossá lembra que o Deatec trabalha para tirar do papel o Condomínio Tecnológico. “Já há uma área de terra, agora precisamos viabilizar a estrutura. Nós agentes públicos não podemos largar nas costas dos empresários”. O projeto consiste em uma área comum destinada a ocupação por empresas de base tecnológica que compartilharão de serviços e estruturas, permitindo a centralização do setor. “Possibilitará a interação entre as empresas e a troca de conhecimento”, diz.

Cleiton Fossá foi um dos principais apoiadores da Política Municipal de Incentivo à Inovação e Tecnologia, conhecida como Lei da Inovação. A Câmara de Chapecó realizou, através de proposta do vereador, três reuniões de trabalho com o objetivo debater e ajudar na construção do Projeto de Lei, aprovado em 2013. Recentemente, no dia 4 de junho, Fossá promoveu audiência pública para tratar sobre a retomada da obra do Parque Científico e Tecnológico de Chapecó e o gerenciamento do local.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Importância da Tecnologia e Inovação

Veja também

Entrega da declaração do imposto de renda pode ser feita até 30 de junho13/04        A Receita Federal anunciou no início deste mês o adiamento do prazo de entrega da declaração do imposto de renda para pessoas físicas (IRPF) até 30 de junho, devido a pandemia da Covid-19 no país. As alterações estão descritas na Instrução Normativa RFB nº 1.934, publicada na última......
Maio Amarelo: Se ligue no trânsito, não atenda o celular!18/05/18 Chapecó – Entra ano e sai ano, a única coisa que muda são os algarismos, mas os problemas continuam os mesmos. Se os números diminuíssem já teríamos um avanço em relação à......
Controle de zoonoses em discussão na Câmara09/09/15 Chapecó - O plenário da Câmara de Chapecó aprovou, na sessão da tarde desta quarta-feira, pedido de autoria do vereador Cleiton Fossá para a realização de Audiência Pública para discutir a política pública municipal de controle de zoonoses. Conforme Fossá, o......

Voltar para NOTÍCIAS