Postado em 24 de Novembro de 2014 às 18h03

Serviços públicos para os trabalhadores em discussão

Câmara (84)Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Reunião (32)Serviços Públicos (4)Vereador (224)
Chapecó - Será realizada nesta terça-feira (25), a partir das 18h30, no plenário da Câmara de Vereadores de Chapecó, uma reunião de trabalho para tratar sobre os serviços públicos à disposição dos trabalhadores do comércio e das agroindústrias. Autor da proposta, o vereador Cleiton Fossá explica que o objetivo do encontro é discutir melhores estruturas públicas oferecidas aos trabalhadores. 'O comércio já funciona em horários estendidos e aos fins de semana, assim como as agroindústrias em três turnos. Chapecó precisa pensar nestes trabalhadores', justifica o vereador. Fossá cita como exemplo a ampliação de linhas e horários de transporte coletivo; creches com atendimento estendido e mais vagas com horário integral; ampliação do funcionamento do Bandejão; mais fichas nos postos de saúde, entre outros. Para a reunião, foram convidados a Justiça do Trabalho, Ministério Público do Trabalho, Poder Executivo, além de entidades representativas como Acic, CDL, Sicom, Sindicom e Sitracarnes, entre outros. O encontro é aberto ao público interessado. 'É o primeiro passo para melhorar os serviços oferecidos à população', finaliza Fossá.

Veja também

Fossá se reúne com Caramori e Buligon21/02/15 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá se reuniu na manhã de sábado (21) com o prefeito de Chapecó, José Caramori, e o vice, Luciano Buligon. O encontro foi intermediado pelo líder do governo, vereador João Rosa, que também esteve presente. Foi Fossá que realizou o gesto de buscar a reunião com o executivo municipal. Na conversa, ele disse ao prefeito e ao vice que está aberto ao diálogo. Ainda, o vereador entregou......
Fossá prestigia homenagem a Sadi De Marco29/04/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá participou na tarde desta terça-feira (29) da sessão solene de reconhecimento simbólico da restituição do mandato do ex-prefeito Sadi José De Marco (1965-1969), cassado arbitrariamente e sem direito à defesa durante o regime......

Voltar para NOTÍCIAS